ANTT inaugura primeira Base Operacional Avançada na Ponte Rio-Niterói

O diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), José Alex

Publicado em 05/07/2002 14:35 | Atualizado em 05/07/2002 11:35
| Compartilhe:

O diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), José Alexandre Resende, acompanhado do presidente da concessionária Ponte S.A, Flávio Medrano Almada, inaugurou hoje, nesta capital, a primeira Base Operacional Avançada da Ponte Rio-Niterói.

Esta base é uma estrutura de concreto agregada à ponte, com 100 metros de comprimento e 12 metros de largura, no trecho da Ilha do Caju, no sentido Rio-Niterói. Atualmente, duas bases já se encontram em funcionamento: uma junto à praça do pedágio, em Niterói, e outra no acesso à ponte, na Avenida Rio de Janeiro. Até julho de 2003 serão implantadas mais quatro bases avançadas nas rampas de subida do acesso ao vão central da ponte.

A construção das bases permitirá o abrigo de veículos avariados e sua utilização servirá de apoio para veículos operacionais da concessionária. "As bases operacionais avançadas vão dar maior agilidade no atendimento às ocorrências e permitir o aumento da capacidade de tráfego da ponte", explicou José Alexandre Resende.

O sistema de atendimento ao usuário nas bases operacionais avançadas conta com quatro veículos tipo pick’up e dois guinchos com capacidade de reboque de dois veículos por vez. As bases avançadas, com 4,2 metros de largura e 80 metros de extensão ao longo das quatro faixas de rolamento da ponte, vão criar um refúgio para estacionar os veículos em pane sem prejudicar o fluxo do tráfego.

A estrutura da Ponte Rio-Niterói está equipada com sistemas de monitoramento (câmeras de circuito interno de TV), sinalizações ostensivas (vertical, horizontal e aérea), sistemas de iluminação pública, pavimentação e drenagem adequados, além de pontos de energia elétrica a fim de garantir as condições de segurança dos usuários e dos funcionários da concessionária.