Ponte Rio-Niterói informa Operação Natal 2002

A Assessoria de Comunicação Social da Ponte S.A., concessionária que administra

Publicado em 20/12/2002 10:23 | Atualizado em 20/12/2002 08:23
| Compartilhe:

A Assessoria de Comunicação Social da Ponte S.A., concessionária que administra a BR 101 – Ponte Costa e Silva (Rio-Niterói), comunica que a Concessionária montou um esquema especial de operação da Ponte Rio-Niterói para o período de Natal, que terá início à zero hora desta sexta-feira (20) e término à meia-noite de quarta-feira (25). Cerca de 321 mil veículos deverão passar pelo pedágio da ponte neste período, o que significará um aumento de 5% no volume total de tráfego em relação ao Natal 2001. O maior movimento de saída do Rio deverá acontecer na sexta-feira e no sábado, quando cerca de 157 mil veículos deverão passar pela Ponte em direção a Niterói e Região dos Lagos. 

Os serviços de atendimento médico e mecânico da Ponte estarão equipados com nove caminhões-guinchos, quatro ambulâncias e oito picapes de apoio, além de três motos. Mais de 300 profissionais da Ponte serão mobilizados durante a operação. A Polícia Rodoviária Federal atuará com 60 inspetores, 16 viaturas e o apoio de um helicóptero.

Nos períodos de maior fluxo os papa-filas (arrecadadores volantes) agilizam a cobrança na praça de pedágio, mas pede-se aos motoristas que utilizem dinheiro trocado para o pagamento da tarifa (R$ 2,20).

O serviço Teleponte funciona das 7h às 22h, fornecendo informações sobre as condições de trânsito através do telefone (21) 2620-9333. Pelo site www.ponte.com.br  o usuário também pode ver as imagens ao vivo do trânsito na ponte.

Recomenda-se aos motoristas que verifiquem as condições gerais dos seus veículos, respeitem as leis de trânsito e atentem para os horários de maior movimento: de 16h às 21h na sexta-feira (20),  e das 8h às 14h no sábado (21). 

Dicas para um trânsito seguro

1. CONDIÇÕES DO VEÍCULO

Verifique as condições do veículo (óleo do motor, pneus, parte elétrica, água etc.). Cheque os equipamentos de segurança: triângulo, macaco, chave de roda, lanterna, chave de fenda, estepe e extintor de incêndio.

2. ATENÇÃO AO DIRIGIR

Obedeça à sinalização; não se distraia e não use o celular.

3. MANTENHA DISTÂNCIA SEGURA

Evite ficar muito próximo ao veículo da frente.

4. VELOCIDADES MÁXIMA E MÍNIMA

O limite de velocidade na ponte é de 80 km/h; a mínima é de 40 km/h. 

5. ULTRAPASSAGEM

Ultrapasse sempre pela esquerda, após sinalizar adequadamente; evite costurar ou fazer ziguezague. 

6. VEÍCULO ENGUIÇADO

Ao perceber problema no  veículo, ligar a seta e parar no acostamento; ligar o pisca-alerta, abra o capô ou a mala e aguarde o socorro à frente do veículo.

7. CINTO DE SEGURANÇA

Importantíssimo.  Quase 90% das vítimas de acidentes registrados na ponte estavam sem o cinto de segurança.

8. PRAÇA DO PEDÁGIO

Reduzir a velocidade ao se aproximar da praça; se for mudar de fila, sinalizar o veículo e aguardar a vez.

9. BAGAGEM E LIXO

Certificar-se de que os objetos no bagageiro estejam bem acondicionados e amarrados; não atirar objetos na pista, existem lixeiras na praça de pedágio.